Rio Itapecuru: Gigante Maranhense em Agonia