Quando os Meios Justificam os Fins: Coisas de Humanos!