Ilegal não é a Greve dos Caminhoneiros…*