DESIGUALDADES NA PRODUTIVIDADE DO TRABALHO NO BRASIL URBANO E RURAL: AVALIAÇÃO A PARTIR DA TEORIA DO CAPITAL HUMANO