Artigos Científicos

15 de julho de 2017

EDUCAÇÃO E DESIGUALDADES REGIONAIS NO BRASIL

Maria Ivonete Alves da Silva RESUMO: As desigualdades socioeconômicas entre as regiões de um mesmo país estão relacionadas com as distintas dotações de recursos naturais e de capital humano, representando assim, um desa-fio para o desenvolvimento do mesmo. Dessa forma, o presente estudo tem como objetivo analisar a evolução distribuição do PIB total e per capita entre as regiões e […]
12 de julho de 2017

DESIGUALDADES NA PRODUTIVIDADE DO TRABALHO NO BRASIL URBANO E RURAL: AVALIAÇÃO A PARTIR DA TEORIA DO CAPITAL HUMANO

VANECILDA DE SOUSA BARBOSA RESUMO: Investigou-se a importância do capital humano para o aumento da produtividade do trabalho (relação entre PIB e população maior de 15 anos) no Brasil. Usou-se como proxy de capital humano a interação entre varáveis relacionadas à educação e à saúde preventiva. Como indicador de educação tomou-se o percentual da população, que concluiu pelo menos o […]
20 de junho de 2017

SUSTENTABILIDADE DA MATRIZ ENERGÉTICA BRASILEIR

ABSTRACT The world energy situation is undergoing changes due to the availability of resources, deployed technologies, the cost of production, the policies adopted by countries, and the amount of existing reserves and recently the need to move to cleaner sources. In this perspective, the present work aimed to measure the evolution of the composition and economic sustainability of the Brazilian […]
20 de junho de 2017

SOCIAL AND ECONOMICAL CONDITIONS AND ENVIRONMENTAL DEGRADATION OF RURAL ZONE VITÓRIA DO MEARIM COUNTY OF MARANHÃO

SOCIAL AND ECONOMICAL CONDITIONS AND ENVIRONMENTAL DEGRADATION OF RURAL ZONE VITÓRIA DO MEARIM COUNTY OF MARANHÃO Author: RACHEL TORQUATO FERNANDES Adviser: Prof. Dr. JOSÉ DE JESUS SOUSA LEMOS ABSTRACT: This paper proposes to measure the quality patterns Vitória do Mearim municipality of Maranhão State. In addition it tried to evaluate the actual stage of degradation and preservation of natural resources […]
17 de maio de 2017

Entre o Combate à Seca e a Convivência com o Semi-Árido: políticas públicas e transição paradigmática

Resumo Parte do pressuposto de que os diagnósticos e proposições sobre o Semi-árido brasileiro têm, em sua maioria, como referência imagens historicamente construídas sobre um espaço problema, terra das secas e da miséria. Entretanto, na primeira metade do século XX surgem olhares críticos sobre as causas estruturais e conseqüências da miséria regional. O presente artigo analisa as relações entre essas […]
6 de novembro de 2016

INCLUSÃO DO MARANHÃO NO SEMIÁRIDO: JUSTIFICATIVAS TÉCNICAS, ECONÔMICAS E SOCIAIS.

INCLUSÃO DO MARANHÃO NO SEMIÁRIDO: JUSTIFICATIVAS TÉCNICAS, ECONÔMICAS E SOCIAIS. RESUMO: O estudo tenta mostrar que o semiárido brasileiro é a sua região mais carente. Mesmo o Ministério do Interior considerando que existam municípios do semiárido em oito dos estados do Nordeste excluindo o Maranhão, mas incorporando municípios do estado de Minas Gerais, o estudo também busca mostrar que em […]
6 de novembro de 2016

IRREGULARIDADE PLUVIOMÉTRICA IMPACTANDO A AGRICULTURA FAMILIAR NO SEMIÁRIDO DO NORDESTE: ESTUDOS DE CASO PARA O CEARÁ

RESUMO: A irregularidade na distribuição de chuvas e também de temperaturas elevadas Nordeste em especial no Semiárido provoca irregularidade cíclica na produção da agricultura familiar da região. Estes fatos suscitaram a necessidade de se estudar os efeitos da precipitação média anual de chuvas, os preços e as áreas colhidas sobre a evolução do valor da produção de feijão, mandioca e […]
6 de novembro de 2016

PRODUÇÃO PISCÍCOLA ESCALONADA NO SEMIÁRIDO DO CEARÁ COM EXTERNALIDADES POSITIVAS.

RESUMO: O presente artigo avalia os efeitos da produção escalonada (produção de peixes e vísceras) de tilápia no Açude Castanhão, Jaguaribara, Ceará, no que concerne aos resultados econômicos e aos impactos ambientais. A pesquisa selecionou por sorteio aleatório 81 dos 300 piscicultores organizados em cooperativas ou não. Utilizou técnica de programação linear para minimizar os custos da produção escalonada trimestral […]
10 de outubro de 2016

Dívida Pública: Capacidade de Pagamento e de Endividamento; Título: Capacidade de Pagamento e de Endividamento: um estudo de caso do município de Fortaleza

ARTIGO CIENTIFICO QUE RECEBEU O PREMIO DE MELHOR TRABALHO NO PREMIO DA SECRETARIA DE FINANÇAS DO MUNICÍPIO DE FORTALEZA Orientado pelo Prof. José de Jesus Sousa Lemos Abstract: This paper evaluates the payment capacity of Fortaleza, as well its indebtedness capacity from 1998 to 2007. This article also tries to evaluate the financial strengthening programs and the tax collection efficiency. […]
20 de setembro de 2016

EFEITO DA PRECIPITAÇÃO DE CHUVAS NA EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS NO CEARÁ: Desdobramento por Períodos Históricos Recentes

RESUMO O trabalho objetiva aferir a evolução da produção agrícola familiar no Estado do Ceará entre os anos de 1947 e 2008. Avalia-se a evolução das áreas colhidas, produção, rendimento e preço de arroz, feijão, mandioca e milho. Agregam-se as produções dessas culturas e se obtém a serie anual da produção diária per capita. Decompõe-se o valor da produção nos […]
7 de setembro de 2016

RESUMO: O trabalho objetiva aferir a evolução da produção agrícola familiar no Estado do Ceará entre os anos de 1947 e 2008. Avalia-se a evolução das áreas colhidas, produção, rendimento e preço de arroz, feijão, mandioca e milho. Agregam-se as produções dessas culturas e se obtém a serie anual da produção diária per capita. Decompõe-se o valor da produção nos […]
4 de setembro de 2016

Escolaridade Como Fator de Desigualdades na Distribuição da Renda no Brasil

RESUMO: O estudo objetivou aferir as desigualdades na apropriação da renda no Brasil, regiões e estados, bem como a assimetria em escolaridade. A hipótese central da pesquisa é demonstrar que existe uma relação de causa e efeito entre escolaridade e renda no País. Para atingir aos objetivos a pesquisa lança mãos dos dados brutos publicados pelo IBGE de PIB per […]
4 de setembro de 2016

UM PROJETO DE REDUÇÃO DA POBREZA COM EXTERNALIDADES AMBIENTAIS POSITIVAS NO ESTADO DO MARANHÃO

RESUMO EXECUTIVO O Governo do Maranhão do período compreendido entre abril de 2002 e dezembro de 2006 havia projetado no Plano Plurianual, elaborado no biênio 2003/2004, que o IDH do Estado deveria se elevar do valor observado em 2002, que era de 0,674, o menor do Brasil, para 0,700 ao final de dezembro de 2006. Os resultados alcançados, e mostrados […]
10 de agosto de 2016

Low long-term interest rates as a global phenomenon

Peter Hördahl, Jhuvesh Sobrun and Philip Turner* Abstract International linkages between interest rates in different currencies are strong, and ultra-low rates have become a global phenomenon. This paper compares how interest rates in advanced economies and in emerging economies are conditioned by two global benchmarks – the Federal funds rate at the short end and the “world” real interest rate […]
15 de julho de 2016

INSERIR O MARANHÃO NA GEOGRAFIA OFICIAL DO SEMIÁRIDO: UM REQUISITO DE JUSTIÇA SOCIAL NO NORDESTE BRASILEIRO

INSERIR O MARANHÃO NA GEOGRAFIA OFICIAL DO SEMIÁRIDO: UM REQUISITODE JUSTIÇA SOCIAL NO NORDESTE BRASILEIRO. José de Jesus Sousa Lemos & Rachel Torquato Fernandes RESUMO O estudo tenta mostrar que o semiárido brasileiro é uma região por demais carente. Mesmo o Ministério do Interior considerando que existam municí- pios do semiárido em oito dos estados do Nordeste excluindo o Maranhão, […]
28 de junho de 2016

Sustentabilidade da Matriz Energética Brasileira / Sustainability of the Brazilian Energy Matrix

Filomena Nádia Rodrigues Bezerra RESUMO : A conjuntura energética mundial vem experimentando alterações, em virtude da disponibilidade dos recursos, das tecnologias implantadas, do custo de produção, das políticas adotadas pelos países, bem como da quantidade de reservas existentes e, recentemente, da necessidade de migração para fontes menos poluentes. Nessa perspectiva, o presente trabalho objetivou mensurar a evolução da composição e […]
7 de junho de 2016

A COMPETITIVIDADE DAS EXPORTAÇÕES DE CASTANHA DE CAJU E MELÃO NO NORDESTE BRASILEIRO: 1997 – 2013

RESUMO O desenvolvimento da fruticultura no Nordeste brasileiro enfrentou alguns desafios e limites nos últimos anos. Contudo, devido ao avanço de novas tecnologias e pesquisas, conseguiu avançar em alguns aspectos, tornando favorável o crescimento da produção de determinadas culturas, as quais são beneficiadas pela crescente demanda internacional de commodities e pelo preço atrativo, proporcionando renda e emprego para os exportadores, […]
6 de junho de 2016

Efeitos da expansão da soja na resiliência da agricultura familiar no Maranhão

RESUMO– O estudo avalia a produção de alimentos no Maranhão entre 1940 e 2012. O trabalho utiliza dados do IBGE e da Fundação Getúlio Vargas. As informações utilizadas foram as séries anuais de valores das produções, áreas, produções e rendimentos de arroz, feijão, mandioca e milho. A partir de 1990, a soja passa a ter significado econômico no estado e […]