Artigos Científicos

6 de novembro de 2016

IRREGULARIDADE PLUVIOMÉTRICA IMPACTANDO A AGRICULTURA FAMILIAR NO SEMIÁRIDO DO NORDESTE: ESTUDOS DE CASO PARA O CEARÁ

RESUMO: A irregularidade na distribuição de chuvas e também de temperaturas elevadas Nordeste em especial no Semiárido provoca irregularidade cíclica na produção da agricultura familiar da região. Estes fatos suscitaram a necessidade de se estudar os efeitos da precipitação média anual de chuvas, os preços e as áreas colhidas sobre a evolução do valor da produção de feijão, mandioca e […]
6 de novembro de 2016

PRODUÇÃO PISCÍCOLA ESCALONADA NO SEMIÁRIDO DO CEARÁ COM EXTERNALIDADES POSITIVAS.

RESUMO: O presente artigo avalia os efeitos da produção escalonada (produção de peixes e vísceras) de tilápia no Açude Castanhão, Jaguaribara, Ceará, no que concerne aos resultados econômicos e aos impactos ambientais. A pesquisa selecionou por sorteio aleatório 81 dos 300 piscicultores organizados em cooperativas ou não. Utilizou técnica de programação linear para minimizar os custos da produção escalonada trimestral […]
10 de outubro de 2016

Dívida Pública: Capacidade de Pagamento e de Endividamento; Título: Capacidade de Pagamento e de Endividamento: um estudo de caso do município de Fortaleza

ARTIGO CIENTIFICO QUE RECEBEU O PREMIO DE MELHOR TRABALHO NO PREMIO DA SECRETARIA DE FINANÇAS DO MUNICÍPIO DE FORTALEZA Orientado pelo Prof. José de Jesus Sousa Lemos Abstract: This paper evaluates the payment capacity of Fortaleza, as well its indebtedness capacity from 1998 to 2007. This article also tries to evaluate the financial strengthening programs and the tax collection efficiency. […]
20 de setembro de 2016

EFEITO DA PRECIPITAÇÃO DE CHUVAS NA EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS NO CEARÁ: Desdobramento por Períodos Históricos Recentes

RESUMO O trabalho objetiva aferir a evolução da produção agrícola familiar no Estado do Ceará entre os anos de 1947 e 2008. Avalia-se a evolução das áreas colhidas, produção, rendimento e preço de arroz, feijão, mandioca e milho. Agregam-se as produções dessas culturas e se obtém a serie anual da produção diária per capita. Decompõe-se o valor da produção nos […]
7 de setembro de 2016

RESUMO: O trabalho objetiva aferir a evolução da produção agrícola familiar no Estado do Ceará entre os anos de 1947 e 2008. Avalia-se a evolução das áreas colhidas, produção, rendimento e preço de arroz, feijão, mandioca e milho. Agregam-se as produções dessas culturas e se obtém a serie anual da produção diária per capita. Decompõe-se o valor da produção nos […]
4 de setembro de 2016

Escolaridade Como Fator de Desigualdades na Distribuição da Renda no Brasil

RESUMO: O estudo objetivou aferir as desigualdades na apropriação da renda no Brasil, regiões e estados, bem como a assimetria em escolaridade. A hipótese central da pesquisa é demonstrar que existe uma relação de causa e efeito entre escolaridade e renda no País. Para atingir aos objetivos a pesquisa lança mãos dos dados brutos publicados pelo IBGE de PIB per […]
4 de setembro de 2016

UM PROJETO DE REDUÇÃO DA POBREZA COM EXTERNALIDADES AMBIENTAIS POSITIVAS NO ESTADO DO MARANHÃO

RESUMO EXECUTIVO O Governo do Maranhão do período compreendido entre abril de 2002 e dezembro de 2006 havia projetado no Plano Plurianual, elaborado no biênio 2003/2004, que o IDH do Estado deveria se elevar do valor observado em 2002, que era de 0,674, o menor do Brasil, para 0,700 ao final de dezembro de 2006. Os resultados alcançados, e mostrados […]
10 de agosto de 2016

Low long-term interest rates as a global phenomenon

Peter Hördahl, Jhuvesh Sobrun and Philip Turner* Abstract International linkages between interest rates in different currencies are strong, and ultra-low rates have become a global phenomenon. This paper compares how interest rates in advanced economies and in emerging economies are conditioned by two global benchmarks – the Federal funds rate at the short end and the “world” real interest rate […]
15 de julho de 2016

INSERIR O MARANHÃO NA GEOGRAFIA OFICIAL DO SEMIÁRIDO: UM REQUISITO DE JUSTIÇA SOCIAL NO NORDESTE BRASILEIRO

INSERIR O MARANHÃO NA GEOGRAFIA OFICIAL DO SEMIÁRIDO: UM REQUISITODE JUSTIÇA SOCIAL NO NORDESTE BRASILEIRO. José de Jesus Sousa Lemos & Rachel Torquato Fernandes RESUMO O estudo tenta mostrar que o semiárido brasileiro é uma região por demais carente. Mesmo o Ministério do Interior considerando que existam municí- pios do semiárido em oito dos estados do Nordeste excluindo o Maranhão, […]
28 de junho de 2016

Sustentabilidade da Matriz Energética Brasileira / Sustainability of the Brazilian Energy Matrix

Filomena Nádia Rodrigues Bezerra RESUMO : A conjuntura energética mundial vem experimentando alterações, em virtude da disponibilidade dos recursos, das tecnologias implantadas, do custo de produção, das políticas adotadas pelos países, bem como da quantidade de reservas existentes e, recentemente, da necessidade de migração para fontes menos poluentes. Nessa perspectiva, o presente trabalho objetivou mensurar a evolução da composição e […]
7 de junho de 2016

A COMPETITIVIDADE DAS EXPORTAÇÕES DE CASTANHA DE CAJU E MELÃO NO NORDESTE BRASILEIRO: 1997 – 2013

RESUMO O desenvolvimento da fruticultura no Nordeste brasileiro enfrentou alguns desafios e limites nos últimos anos. Contudo, devido ao avanço de novas tecnologias e pesquisas, conseguiu avançar em alguns aspectos, tornando favorável o crescimento da produção de determinadas culturas, as quais são beneficiadas pela crescente demanda internacional de commodities e pelo preço atrativo, proporcionando renda e emprego para os exportadores, […]
6 de junho de 2016

Efeitos da expansão da soja na resiliência da agricultura familiar no Maranhão

RESUMO– O estudo avalia a produção de alimentos no Maranhão entre 1940 e 2012. O trabalho utiliza dados do IBGE e da Fundação Getúlio Vargas. As informações utilizadas foram as séries anuais de valores das produções, áreas, produções e rendimentos de arroz, feijão, mandioca e milho. A partir de 1990, a soja passa a ter significado econômico no estado e […]
15 de abril de 2016

“Esquerda ou Direita”: Eis a questão

José Lemos* A designação maniqueísta de ser de “esquerda” ou de “direita” surgiu com a Revolução Francesa (1789-1799). O espectro de esquerda incluiria pessoas com perspectivas ambientalistas, progressistas, comunistas. O viés direitista seria atribuído aos liberais, neoliberais, conservadores, teocratas, monarquistas, nacionalistas, fascistas. Originalmente os termos foram criados para designar aglomerações de pessoas com ideários comuns em partidos políticos, por exemplo. […]
31 de março de 2016

Efeitos da expansão da soja na resiliência da agricultura familiar no Maranhão

Resumo – O estudo avalia a produção de alimentos no Maranhão entre 1940 e 2012. O trabalho utiliza dados do IBGE e da Fundação Getúlio Vargas. As informações utilizadas foram as séries anuais de valores das produções, áreas, produções e rendimentos de arroz, feijão, mandioca e milho. A partir de 1990, a soja passa a ter significado econômico no estado […]
31 de dezembro de 2015

Animais de rua também merecem o nosso carinho…

José Lemos* Fim de ano, época de confraternização, muita comida, bebida, abraços, troca de mensagens carinhosas, de afetos, de desejos (sinceros ou não) de um Feliz Novo Ano. Na virada do ano as pessoas se manifestam com todos aqueles sentimentos, mas também soltam fogos em profusão, fazendo um enorme barulho para anunciar a chegada de uma nova era. Existem os […]
18 de julho de 2015

IMPACTOS DO PRONAF SOBRE A REDUÇÃO DA POBREZA NO CEARÁ, ENTRE 2000 E 2012

PAULO ANDRÉ ALMEIDA LOPES RESUMO O objetivo desta pesquisa é analisar a evolução e os impactos dos recursos do PRONAF na redução da pobreza no estado do Ceará e também na área colhida das principais culturas, no período de 2000 a 2012. Na discussão teórica estudou-se a evolução dos conceitos de crescimento, desenvolvimento econômico, desenvolvimento sustentável e desenvolvimento rural sustentável, […]
16 de julho de 2015

IMPACTOS DA EDUCAÇÃO SOBRE A PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO NO NORDESTE BRASILEIRO.

SHYLZE ALANE GADELHA BARBOSA RESUMO: Esta pesquisa avalia os impactos da educação sobre a produtividade do trabalho e o desenvolvimento econômico no Nordeste Brasileiro. Utiliza como base a Teoria do Capital Humano, a qual estabelece que a qualificação da força de trabalho é essencial para impulsionar o desenvolvimento de um país, estado ou região. Com o intuito de aferir a […]
10 de julho de 2015

Desertificação e pobreza rural: Uma análise do município de Irauçuba: Ceará

FRANCISCO AQUILES DE OLIVEIRA CAETANO RESUMO: A desertificação é um problema em escala mundial que provoca grandes impactos sociais, ambientais e econômicos, além do deslocamento de milhares de pessoas em busca de terra e comida. No Brasil, em 11 estados, aproximadamente ¼ dos municípios brasileiros estão em áreas suscetíveis à desertificação, e sua maioria encontra-se no semiárido nordestino. Além da […]