BABAÇU É ESTRATÉGICO PARA O MARANHÃO*