Professor Lemos

Professor Lemos

19 de novembro de 2017

BRAZILIAN MARANHAO STATE IS GOING THROUGH A NEW TRIAL

BRAZILIAN MARANHAO STATE IS GOING THROUGH A NEW TRIAL José Lemos* Maranhão, one of the poorest Brazilian States, is situated between humid Amazon Region and Dry Lands of Brazilian Northeast Region. Maranhão has diversified and rich ecosystems. Contrary as one could expect, inside its boundaries is observed people bad conditions of living pattern standards. What happened to Maranhão? Someone should […]
18 de novembro de 2017

Tempo: Inimigo ou Cúmplice?*

José Lemos Nos dias que antecedem e seguem àquele do nosso aniversário, de alguma forma, consciente ou inconscientemente, fazemos reflexões acerca desse nosso parceiro, o tempo. A propósito, quando aniversariamos temos motivos para comemorar, porque vivemos mais um ano, ou razão para entristecer porque temos, de fato, um ano a menos pela frente? Na medida em que o tempo avança, […]
18 de novembro de 2017

Querem Transformar o Maranhão Numa Zimbabwe…*

José Lemos A República do Zimbabwe está situada na região Centro-Sul da África e tem uma população sofrida de 12,3 milhões. Os primeiros colonizadores britânicos chegaram ao País em meados do século XIX e, depois do grande influxo de migrantes ingleses, começaram a exercer influencia a ponto de nomearem o território de Rhodesia, em homenagem ao inglês Cecil Rhodes então […]
17 de novembro de 2017

ERRATA DA NOTA TECNICA ENVIADA EM 17/11/2017

Errata
16 de novembro de 2017

O Maranhão na Geografia Politica do Semiárido – NOTA TÉCNICA

Nota Tecnica enviada no dia 13 de novembro de 2017 para o Ministério da Integração Nacional.
12 de novembro de 2017

“PÁTRIA MADRASTA VIL"

Clarice Zeitel Vianna Silva* Onde já se viu tanto excesso de falta? Abundância de inexistência… Exagero de escassez… Contraditórios? Então aí está! O novo nome do nosso país! Não pode haver sinônimo melhor para BRASIL. Porque o Brasil nada mais é do que o excesso de falta de caráter, a abundância de inexistência de solidariedade, o exagero de escassez de […]
10 de novembro de 2017

Semiárido Maranhense: Hora de Guarnicê?

José Lemos* Para construir este texto eu recorri a uma palavra muito usada no folclore maranhense, sobretudo nos festejos juninos, em que o bumba boi é a manifestação maior daqueles folguedos. Para tanto busquei a Tese de Doutorado de 2013 defendida na PUC-RJ, pela Professora Conceição de Maria Goulart Braga Cuba. Ela nos ensina no seu trabalho que: “Guarnicê é […]
8 de novembro de 2017

O Capital Humano Como Motor de Desenvolvimento Sus-tentado: Análise da Realidade Nacional e Regional de Portugal

RESUMO: O desenvolvimento das sociedades contemporâneas, promovido sobremaneira pela chamada sociedade do conhecimento, assenta os seus pilares sobre o desenvolvimento da tecnologia, a importância das redes de produção e difusão de conhecimento. Conceitos como os de inovação e criatividade humanas são a alavanca das novas dinâmicas criativas de desenvolvimento e desempenham um papel preponderante em todas as dimensões da vida, […]
6 de novembro de 2017

MARANHÃO NO SEMIÁRIDO – INFORMAÇÕES PARA NOTA TÉCNICA

A nota técnica que deveremos produzir devem conter as informações contidas neste texto
6 de novembro de 2017

MARANHÃO NO SEMIÁRIDO – DEFESA DO TRABALHO JUNTO AO CONDEL/SUDENE

Defesa no dia 06/11/2017
6 de novembro de 2017

SEMIARIDO NO MARANHÃO – PAE, 2012

Documento que mostra o semiarido maranense
6 de novembro de 2017

SEMIARIDO NO MARANHÃO – CONDEL/SUDENE 2017

Documento que define o Semiárido.
6 de novembro de 2017

MARANHÃO NA GEOGRAFIA POLITICA DO SEMIARIDO

Videoconferencia no dia 6/11/2017 para a inclusao do Maranhão no semiárido.
3 de novembro de 2017

Câncer de Próstata é Muito Sério para virar Piada *

José Lemos Como sabem todos que me acompanham nesta coluna aos sábados, a minha formação é em Ciências Agrárias, com fortes vieses para avaliá-las nos seus aspectos Econômicos e Estatísticos. Portanto, eu não tenho formação na área de saúde. Apenas me declaro um curioso que dedica parte do tempo para estudar temas dessa área, até porque eu ainda alimento o […]
2 de novembro de 2017

O MARANHÃO NA GEOGRAFIA POLITICA DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO

RESUMO EXECUTIVO: Este trabalho teve como objetivos específicos: A – Demonstrar que no Maranhão há municípios situados em áreas situadas no clima que as Nações Unidas classificam como Semiáridas; B – Demonstrar que nos municípios do semiárido maranhense as vulnerabilidades induzidas são piores do que aquelas observadas nos municípios que já são reconhecidos politicamente pelo Governo Federal como pertencentes a […]
30 de outubro de 2017

CONIDIS2017 – TERCEIRO TRABALHO APROVADO CHUVAS E ALIMENTOS NO CEARÁ

Terceiro trabalho aprovado no IICONIDIS2017 “PREVISÃO DE CHUVAS E EXPECTATIVAS NA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS NO SEMIÁRIDO DO CEARÁ” LEMOS STALYS MARISA ELIZAMA
28 de outubro de 2017

AULA DE MACRO

FOTO
27 de outubro de 2017

Esperançar não é Esperar!

José Lemos* Há quem acredite que esperar e esperançar são verbos equivalentes. Não o são. Esperar é ficar parado, inerte, deixando as coisas acontecerem. Verbo na “voz passiva”. Esperançar está na “voz ativa”. Significa almejar, buscar, agir, lutar por objetivos… Esperançar é ter resiliência, capacidade de reunir sinergias para superar obstáculos. O parágrafo inicial serviu para dar o tom das […]