outubro

Mês: outubro 2017

30 de outubro de 2017

CONIDIS2017 – TERCEIRO TRABALHO APROVADO CHUVAS E ALIMENTOS NO CEARÁ

Terceiro trabalho aprovado no IICONIDIS2017 “PREVISÃO DE CHUVAS E EXPECTATIVAS NA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS NO SEMIÁRIDO DO CEARÁ” LEMOS STALYS MARISA ELIZAMA
28 de outubro de 2017

AULA DE MACRO

FOTO
27 de outubro de 2017

Esperançar não é Esperar!

José Lemos* Há quem acredite que esperar e esperançar são verbos equivalentes. Não o são. Esperar é ficar parado, inerte, deixando as coisas acontecerem. Verbo na “voz passiva”. Esperançar está na “voz ativa”. Significa almejar, buscar, agir, lutar por objetivos… Esperançar é ter resiliência, capacidade de reunir sinergias para superar obstáculos. O parágrafo inicial serviu para dar o tom das […]
27 de outubro de 2017

TRADIÇÃO MARANHENSE

Festa da Juçara, como chamamos o Açaí, e outras gostosuras maranhenses. https://vocegastro.com.br/noticias/2017/10/moradores-do-maracana-aprimoram-receitas-tipicas-maranhenses/
27 de outubro de 2017

DELIMITAÇÃO DO SEMIÁRIDO

Apresentação do traalho para inserir o Maranhão no Semiárido.
25 de outubro de 2017

MACROECONOMIA – BREVE SINTESE DA PERSPECTIVA KEYNESIANA

Breve abordagem da perspectiva keynesiana.
25 de outubro de 2017

DANÇAR FAZ BEM PARA A SAUDE

Dançar é benefico
23 de outubro de 2017

O MARANHÃO NA GEOGRAFIA POLITICA DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO – VERSÃO PARA IICONIDIS

Resumo: Maranhão é o único estado do Nordeste brasileiro que não tem municípios reconhecidos, politicamente pelo Governo Federal, como tendo clima de semiárido dentro dos seus limites. O trabalho teve dois objetivos: A – Demonstrar que no Maranhão há municípios situados em áreas situadas no clima que as Nações Unidas classificam como Semiáridas; B – Demonstrar que nos municípios do […]
22 de outubro de 2017

TRABALHO ACEITO PARA O IICONIDIS

anexo
20 de outubro de 2017

POBRE CANADA

EM ANEXO
20 de outubro de 2017

Desertos têm causas naturais e induzidas por Humanos

José Lemos* Logo no inicio do Relatório produzido pelas Nações Unidas em 2011, “Global Drylands: A UN system-wide response” se pode ler a seguinte proposição: “Mais do que dois bilhões da população do mundo sobrevivem em terras áridas e semiáridas”. O objetivo daquele Relatório é: “entender as causas da degradação dos solos, e não medir esforços para que as populações […]
16 de outubro de 2017

ALTAMIRA 15 DE FEVEREIRO DE 1974

UM DIA INESQUECÍVEL DINALDO E CARMELIA O INÍCIO DE UMA VIDA A DOIS. Carmelia Trindade Recém formados e recém casados (casamos em 24.12.1973) eu e Dinaldo fomos morar em Altamira, onde se estava construindo a Transamazônica, “a rodovia de integração nacional”, Médice era o Presidente da República.
13 de outubro de 2017

Ser Professor é Missão e Sacerdócio.

Jose Lemos* O mês de outubro é rico em motivações e de inspiração para os não jornalistas, como eu que, de forma voluntária e despretensiosa, se aventuram por esse caminho a um só tempo fascinante e desafiador: o de articulista de um jornal como O Imparcial. Militante assumido e estudioso voluntário, embora não sendo profissional da área de saúde, das […]
10 de outubro de 2017

INDICADORES SOCIAIS E ECONÔMICOS DA PERIFERIA DE MARANGUAPE, CEARÁ

DANIELY DE LIMA MESQUITA RESUMO: O presente trabalho analisa a condição socioeconômica da periferia do município de Maranguape, localizado na região metropolitana de Fortaleza, Estado do Ceará, Região Nordeste. Analisa algumas características da região periférica do município: como se dá seu desenvolvimento ou não desenvolvimento e as atividades potenciais. Os instrumentos utilizados para aferir o padrão de exclusão social e […]
6 de outubro de 2017

Maranhão de Contrastes

José Lemos* Era meado de 2013, a Direção do Conselho Regional de Economia do Maranhão (CORECON-MA) que havia me condecorado com o honroso titulo de “Economista Emérito” me convidou para escrever um dos sete Capítulos do Livro que receberia o título de “Ensaios sobre a Economia Maranhense”, publicado em agosto de 2014. Os colegas do CORECON conheciam as três edições […]
2 de outubro de 2017

ECONOMIA REGIONAL – PRIMEIRA AULA

SLIDES DA AULA
2 de outubro de 2017

ECONOMIA REGIONAL: SLIDES PARA A PRIMEIRA AP

Em anexo.