fevereiro

Mês: fevereiro 2013

24 de fevereiro de 2013

Brasis do Brasil*

José Lemos Que o Brasil é um País diverso, todos sabemos. Aqui diferentes raças construíram uma sociedade com uma riqueza incrível de biótipos. O brasileiro do Nordeste é diferente daquele da Amazônia. Ambos diferem daqueles do Sudeste e do Sul. A língua oficial do Brasil é o português, mas há formas distintas de expressão neste idioma dentro dos nossos limites. […]
18 de fevereiro de 2013

Festival de Jazz e Blues no Ceará*

José Lemos Os cearenses costumam dizer que aqui é o Centro do Universo. Claro que se trata de mais uma, dentre tantas, sacadas hilariantes desse povo sofrido, mas bem humorado que utiliza expressões assim para jogar para cima o auto-astral da população de um estado que tem 184 municípios, dos quais 151 estão situados no semi-árido. Áreas com dificuldades climáticas, […]
16 de fevereiro de 2013

Arenas e a Copa no Brasil*

José Lemos Nos meus tempos de garoto, em São Luis, o meu sonho era ser jogador de futebol. Tanto assim que andei fazendo algumas incursões nas divisões de base do meu time do coração, o Sampaio Correia. Sem falsa modéstia, eu levava jeito. Drible fácil, e uma boa visão do jogo, esboçava passes de média e longa distancia, com alguma […]
4 de fevereiro de 2013

País Exótico.*

José Lemos A Câmara dos Deputados em Brasília também produz coisas interessantes. Nós que nos acostumamos a ouvir falar de negociatas envolvendo deputados, nepotismo, submissão aos caprichos do Sindico ou Sindica (não importa) instalado(a) no Palácio do Planalto, ficaremos surpreendidos quando descobrimos que daquele solo, quase todo contaminado, possa nascer e crescer alguma planta útil. Contudo, quem estuda Ciência Agronômica […]
1 de fevereiro de 2013

Feijão Capitalista

Xico Graziano Boa parcela da opinião pública acredita que a comida do povo vem do agricultor familiar, enquanto o agronegócio capitalista serve ao comércio exterior. Ledo engano. O equívoco nasce de uma ideia antiga, superada. Hoje manda a integração produtiva no campo. A começar do ciclo açucareiro colonial, no Nordeste, a historiografia consagrou distintas funções, e certa oposição, entre a […]